sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Cinema Paradiso

Apesar deste não ser um filme nacional, é um filme que merece destaque em qualquer categoria e por isso o colocarei mesmo antes de chegar aos internacionais.



 

Ficha Técnica

Título original: Nuòvo Cinema Paradiso
Lançamento: 1988
Direção: Giuseppe Tornatore
Atores: Antonella Attili, Enzo Cannavale, Isa Daniei, Leo Gullotta.
Duração: 123 min
Gênero: Drama



Sinopse

Nos anos que antecederam a chegada da televisão (logo depois do final da Segunda Guerra Mundial), em uma pequena cidade da Sicília o garoto Toto (Salvatore Cascio) ficou hipnotizado pelo cinema local e procurou travar amizade com Alfredo (Philippe Noiret), o projecionista que se irritava com certa facilidade, mas parelamente tinha um enorme coração. Todos estes acontecimentos chegam em forma de lembrança, quando agora Toto (Jacques Perrin) cresceu e se tornou um cineasta de sucesso, que recorda-se da sua infância quando recebe a notícia de que Alfredo tinha falecido.


Link do trailer (sem legenda, infelizmente):http://www.youtube.com/watch?v=HIcoN8JWJMQ&feature=related


A gente nunca esquece o primeiro filme no qual desatamos a chorar como crianças, emocionados em cada fibra do nosso corpo. No meu caso, este primeiro filme foi o Cinema Paradiso, o primeiro filme que me tocou realmente, que me emocionou profundamente com sua sutileza, sua riqueza de emoções, sua forma de retratar um tempo tão diferente, tão remoto, tão "simples" e ao mesmo tempo maravilhoso. Um tempo em que não era preciso computadores, iPhones e baladas para que a vida tivesse sentido ou fosse preenchida, um tempo em que um simples filme no cinema, um amor vivido com intensidade, um amigo eram suficientes para a vida valer apena, para que a vida fosse leve. Sim, isto é saudosismo mesmo (um saudosismo irônico já que não vivi nesta época), mas não ligo, não me engano também em pensar que as pessoas não tinham problemas e a vida de muitos não era extremamente difícil, mas gosto de imaginar esta época com olhos de criança, e ver apenas a simplicidade, o gosto por uma pelada no meio da rua, um jogo de bola de gude com a turma do bairro e a fascinação por ver casos de amor, de comédia e de ação em um enorme tela junto a outras muitas pessoas que sentem o mesmo que você. E acho que é esta visão que o filme tenta trazer, a nós, inclusive eu mesma, que vivemos em um mundo tão acelerado, tão complicado, tão tecnológico e dependemos de tantas coisas para sermos felizes, ou tentarmos ser, pois a maioria dessas coisas não traz nunca a felicidade duradoura...


Link de download: http://www183.megaupload.com/files/58b898eca141f351eb20a3c306b53faf/cinema%20paradiso.legend.%20rmvb.kakita.uv.rm

Nenhum comentário:

Postar um comentário